lar verde lar


Completamos mais de um ano cuidando e se dedicando às plantas. Esse ano me fez refletir muito ao ver minha mãe resgatando algumas delas e perdendo muitas outras. Concluí que cuidar de plantas, definitivamente, exige tempo e muita sensibilidade.

Entre as flores e folhagens, mainha não pensa duas vezes em dizer que se dá bem mais com as folhagens, a comigo-ninguém-pode é um exemplo. Até conseguirmos entender quais se adaptariam melhor aqui em casa assistimos a muitos vídeos e experimentamos ter várias plantinhas (muitas mesmo!) para assim dizer com precisão a melhor maneira de cuidar.

Para comemorar esse ano com muitas irmãs em casa decidi registrá-las mais de perto e assim vocês podem se sentir íntimos do meu cantinho também. E ah, vocês querem que eu escreva sobre os cuidados básicos de mainha com as plantas? Ela é tímida, mas certeza que adoraria aparecer aqui, ♡.








Pausa para o meu cervo entre as folhas do nosso gracioso pé de jabuticaba.





See you.

Guilherme de Sá e André Leite: Duetto em Maceió


Aviso importante: esta postagem está recheada com muitas imagens.

Já não me bastaram as emoções que o dia 12/07 me reservou (dia da minha colação de grau na faculdade! ♡), eu também fui em busca de mais momentos lindos na noite daquele dia. Foi no Teatro Deodoro, em Maceió, que aconteceu o show Duetto, projeto do ex-vocalista da banda Rosa de Saron, Guilherme de Sá. E quem me acompanha a um tempo aqui no blog sabe que admiro muito toda e história e o trabalho desenvolvido por ele. 

Para a minha surpresa, Guilherme avisou que não estaria sozinho. Com ele, a sua banda (com rostos bem conhecidos pelos fãs) e também a participação de André Leite, cantor que tive a honra de conhecer naquela mesma noite. 

Eu não precisaria comentar, mas tenho o dever de deixar registrado o que senti, uma vez que a junção Guilherme + André foi além do que eu imaginei ser. Fiquei honrada por ouvir, ver, fotografar esse momento. Foi singular. E foi singular não só pela apresentação em si, mas por ter sido um show que me fez sentir estar em casa numa roda de amigos falando sobre a vida e cantando músicas que nos marcaram. Resumindo bem, Duetto representou amor e simplicidade. Representou os sentimentos mais lindos que shows podem transmitir. 

Que sorte a minha, que sorte a nossa já que poderemos relembrar tudo com as imagens que aqui publico. Por isso esta publicação é bem mais que um simples post, mas sim um banco de imagens para que admiradores do dia aqui representado possam salvá-las, compartilhá-las e se emocionar novamente também. 

























































Por último, e não menos importante, os meus singelos registros da banda NF3 que também conheci naquela noite. O som dos meninos foi lindo, forte e me trouxe muita emoção. 








Espero muito que tenham gostado desse dia retratado por mim. Tudo me marcou muito e espero também poder registrar mais momentos lindos assim. 

Nesse sentido, caso você vá realizar algum evento teatral, show de bandas ou algum evento privado, pode me chamar para fotografar. Eu amo contar histórias e você pode me ajudar a escrevê-las. Já deixo o meu portfolio profissional aqui e o meu instagram também. 



Logo volto com um trailer desse dia aqui no blog.
Poético Diário © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.