um expresso e um suco, por favor

 
—  um expresso duplo, por favor.
—  açúcar ou adoçante?
— conhaque. masculino ou feminino?
— sexo. esquerda ou direita?
— horizonte. começo ou fim?
— através. par ou ímpar?
— zero. sim ou não?
— talvez. convergente ou divergente?
— espelho. verso ou inverso?
— Universo.*      

"um expresso duplo, por favor"
por diego rezende 





Eu estava em uma reunião quando uma colega pediu café, enquanto eu, um suco gelado de laranja com açúcar. Enquanto o meu corpo sentia a frieza da bebida amarela lembrei desse poema de Rezende. Quase no mesmo instante essa fotografia saiu e de alguma maneira eu quis que ela morasse aqui no Poético Diário. Coisa bonita admirar a rotina, não é? Eu me apaixono por detalhes assim, .

 

estou participando de um concurso de fotografia! #TiersenMemories

Eu vejo a minha vida dentro de um filtro vintage. Cor amarelada, poeira e ruído. O combo perfeito e que sempre aquece o meu coração ao editar alguma fotografia. Talvez por isso sempre ao editar alguma foto eu priorizo a temperatura e as características de nostalgia que o estilo analógico proporciona. Vocês sentem algo bom assim quando registram a vida de vocês?

E dentro dessa vibe singular sobre registros, para a minha felicidade, o músico Yann Tiersen (o qual admiro muito e vocês sabem) deu início a uma competição de fotografia e a essência dela me abraçou demais por isso resolvi participar.

A iniciativa acontecerá da seguinte maneira: o fã deve tirar uma foto do seu álbum favorito do Yann em um local que seja significativo para ele e escrever uma breve descrição explicando o porquê de ter escolhido o local e o álbum. Quando li que seria importante incluir o álbum de Tiersen em algum canto especial para nós não pensei duas vezes e logo incluí o meu quarto, como mostra a fotografia abaixo.



O músico e sua equipe dividiram o concurso em três etapas, dando a chance de três pessoas vencerem, como: melhor geral (foto + descrição escolhidos pelo próprio Yann), melhor legenda (escolhida também pelo Yann) e, por último, melhor fotografia escolhida por voto popular. Com excessão do primeiro lugar que ganhará a discografia de Tiersen + uma câmera (uma Lomo), o segundo e o terceiro lugar ganhará a discografia do músico (em CD ou vinil). 

Por isso, com apenas um clique nesse link > https://1.shortstack.com/2FfZ28/qrSKH?w=76711372&e=226688324v < vocês serão redirecionados para o site. É só esperar carregar um pouco que ao fim da página, a minha foto será a primeira, aparecendo assim:


Pronto! Agora é só clicar no coração que por lá aparece e já estarão me ajudando a concorrer às produções mágicas do Yann Tiersen. Elas estão sempre presentes durante as edições dos meus vídeos, das fotos, dos posts do blog, das minhas aquarelas. Ah. Só de saber que vocês verão minha imagem por lá e que de alguma maneira outras pessoas também poderão ver eu fico MUITO feliz, ♡.


See you.


olhos, lentes e coração

Eu tenho um carinho imenso pelo centro e por todas as coisas legais que ele guarda. Histórias, poesias, músicas [...] arte. Parece até que todas as vezes que saio sozinha para os mesmos lugares acabo me conectando com coisas novas e acho isso mágico. 

As fotos abaixo, por exemplo, são do meu lugar preferido: a biblioteca. Devo ter mostrado ele muitas vezes aqui no blog, mas eu não me canso e espero que vocês também não, rs. Isso apenas me mostra o quanto a fotografia é maravilhosa







See you.

os meus materiais favoritos para desenho

Contei nesse post e nesse aqui o quanto a ilustração tem feito parte da minha vida. Após escrevê-los e continuar a produzir as coisinhas que amo fazer, achei legal também compartilhar quais são os meus materiais favoritos para desenhar. 

Bem, eu penso que esta publicação, apesar de simples e curta, poderá ajudar muitas pessoas que pensam em trazer a ilustração para as suas vidas ou tem a vontade de conhecer novos materiais. Espero muito que gostem. 


p a p é i s


- Filiart Renaud Profissional 200g/m²

- Filiart Renaud Aquarela 300g/m²

Ambos da Filiperson e que estão me acompanhando desde o último mês de abril. Para mostrar com mais detalhes estou escrevendo uma resenha e nela colocando algumas fotografias sobre a linha Filiart Renaud (a minha favorita do momento para desenhar!). Mas, enquanto o próximo post não vem, vocês podem clicar aqui e conhecer de pertinho todos os papéis deles - que conta com frete grátis para todo o Brasil, inclusive. 



t i n t a s 



- Winsor & Newton Cotman / aquarela

- Acrilex / guache

Ganhei esse estojo Cotman há quase dois anos e o meu carinho por ele é imenso. Apesar de ainda não poder investir em outras marcas, essa linha é muito legal. As cores são bem pigmentadas, principalmente o "vermelho" e "azul", me permitindo criar com mais liberdade. Com relação à tinta guache, mesmo sendo da linha escolar Acrilex, me ajuda demais com a pintura em papéis para aquarela ou até aqueles com gramadura menor (posso mostrar algumas técnicas de pintura se vocês quiserem ).







p i n c é i s 



- Condor ref. 422 tamanho 0, 00, 000 e 2

- Pincel sem marca tamanho 2, 3 e 5 


Eu recomendo muito a linha Condor para pinceis, recomendo tanto que estou a procura de novos pincéis. Como uso os que estão sem marca há mais de dois anos (sim, dois anos!) eles já estão "nas últimas", sabe? Mas após pesquisar vi que a ref. 425 da Condor é excelente para tintas guache e aquarela e já vou buscar aqui no centro da cidade. 




l á p i s 



- Lápis aquarelável da Faber-Castell

- Lápis 6B Faber-Castell 

- Lápis TRIS

- Lápis de cor Multicolor


Para rabiscar, curto muito os lápis da TRIS - principalmente se após o rabisco vier a aquarela -, mas se eu quiser apenas o grafite na ilustração recorro ao lápis 6B por ter um traço "forte" no papel. Por outro lado, quando preciso corrigir a aquarela, recorro ao lápis aquarelável ou aos que não são também. Como vocês podem ver, um material complementa o outro, rs. 

-

E como eu sempre falo, os materiais importam sim (e muito), mas na falta deles é super importante estudarmos com o que temos em casa. Com a folha daquele caderno da escola abandonado, com aquele lápis que você nem reparou a numeração, com aquela tinta que usava quando criança. A arte é muito sobre você se permitir e ir tentando todos os dias. 

A listinha de hoje foi simples, mas espero que vocês tenham gostado de saber quais são os materiais que gosto de usar por aqui. 


See you.

vídeo: há poesia aqui, há poesia aí


Eu tenho mania de poetisar as coisas que estão ao meu redor. Tenho a sensação de que parar e reparar com atenção é o grande sentido de viver. Falo com certeza isso porque são as pequenas coisas que nos erguem. Pensem bem. 

Quando Machado de Assis falou em olharmos para nós mesmos para encontrar doçura e paz, ele reafirma que de alguma maneira nós sabemos bem sobre o que nos cativa, pois, algo já nos cativou; nos tomou, nos fez sorrir. Por isso sempre existirá algo ao seu lado que pode ser potencializado em algo grandioso até fazer bem a você, tão profundamente, que atingirá o seu coração verdadeiramente. E isso não é difícil de pensar, viu?

Foi a foto que tu fez naquele dia, foi o bordado que brotou de ti; foi o cheiro do bolo que você sentiu e soriu, foi o seu poema que acertou muitas pessoas ao mesmo tempo. Foi você acordar mais um dia e perceber que tudo é grandioso demais e que vale viver para sentir as coisas boas outra vez.

Foi pensando nisso que o vídeo abaixo saiu. Eu espero, mesmo, que de alguma forma ele te abrace demais.






See you.

aquarelar em livros


Crescer tem me permitido estar ligada às cores cada vez mais. 

Na semana que passou eu resgatei um livro danificado que estava guardado e nele comecei a aquarelar. Gostei muito do combo aquarela&folhas e nasceram as fotografias do post de hoje - que gostei muito por sinal, ♡.



Materiais que utilizei:

- Winsor & Newton Cotman (aquarela)
- tinta guache Acrilex
- pincel tamanho 8 ~sem marca





See you.

Poético Diário © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.