Os outros são os outros?



Eu participo de um grupo lindo/incrível no facebook e todos os dias na minha timeline leio desabafos negativos de algumas pessoas. Obviamente não tem nada de bom nisso. 

O relógio aqui marca 0h11min e o desejo de colocar umas palavras pra fora bateram no coração.

Mais uma vez parei no blog da Hady e refleti. Em um dos seus posts ela fala da expectativa dos outros sobre nós. Mas Lary, o que é que tem a ver um grupo de facebook com isso? Estou chegando lá, mon ami. E a partir dessas reflexões, tanto no blog da Hadassa quanto no facebook, eu pude perceber o punhado generoso de pessoas que vendem a sua liberdade vs. felicidade, ou quase isso, por medo de tentar algo e isso não suprir as expectativas sociais. Vocês já pararam para pensar quão sério é isso?

De um lado muitos guardam suas vontades e SABEM VERDADEIRAMENTE o que  querem seguir ou até mesmo arriscar. Do outro lado surge uma perspectiva contrária, que, mesmo sabendo que o chute do outro vai ser certeiro, acha melhor jogar um foguinho para desanimar o colega. E olha, muita gente não vai querer o seu bem e você tem que ficar preparado a todo momento. Deixa eu te contar; eu tô na crise do será que vai dar certo? Onde tudo é dúvida, meus amigos. De uma tentativa até um pensar. E eu aprendi muito. Ta, eu sei, ainda tenho 19 e nem sei o que vai acontecer amanhã. Só que existem coisas que chegam cedo demais pra gente; e eu tive que deixar pra trás pessoas que eu nunca imaginei deixar.

O título do post traz a chave para o que eu expliquei. Os outros são os outros? Sim, são os outros. As chaves das tentativas estão com você e de algum modo você acaba descobrindo o melhor jeito de seguir - mesmo que por vezes você caia. E quem não erra? Eu só preciso que você não persista no erro. Aprenda a ouvir o seu coração. AArrrgh Lary, que troço clichê. Mas foi assim que tomei um banho de ágia fria pra então dá um hello para a vida. É preciso respirar e não ter medo de tentar. Você encontra a sua melodia, a sua canção. Muitos vivem para os outros e esquecem de si e daqueles que realmente sabem plantar uma semente de bondade e semear tais. O amor dEle e dos que te acolhem verdadeiramente é o que importa, não esqueça.




Imagem via We Heart It [autor original não identificado]

Até a próxima!

Me acompanhe também <3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

poético diário . © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.