novembro 14, 2015

bienvenue, courage!

Há dias em que você acorda e sente uns medos estranhos. A única saída parece desistir de tudo e velejar na incerteza de ser ou não ser. E isso é chato. Fico até estranha em ter de falar (mais uma vez) sobre esses bloqueios por aqui; no entanto, eu sei que muitas pessoas passam pelo mesmo.

Tá tudo bem, eu precisei desses meses meio desligadinha. Deu certo? Acho que sim. Me distanciei até da fotografia (pra cês verem que a parada tava séria). Mas, ah, eu descobri o que estava faltando; ou pelo menos acho que descobri. Acreditar em nós mesmos e nos emoldurar. É como se fosse uma regra milimétrica do viver; tu se adapta ao redor e vai redescobrindo a melhor maneira de caminhar. É bem provável chorar algumas vezes, mas não há sono e uma boa trilha sonora de um filme querido - a exemplo de Submarine - que não resolva.

Falei e senti como se fosse bem fácil superar esses meras caixas de aprisionamento d'alma. No fim eu sei que não é; assumo e sumo em mim. Mas tudo fica bem, eu acho.






Aqui, a macro das plantinhas da casa, e de um "negocinn" que caiu de uma árvore, em p&b.

Conheci blogs maneiros demaaais essa semana e digamos que me inspirei um bocado em todos. A listinha das inspirações semanais vem ao ar semana que vem e lhes mostro tudo. :) 

Abraços <3

2 comentários:

  1. Sua arte me ins(pira).
    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Querido anônimo, agradeço muito e ao mesmo tempo nem sei o que dizer. Você me fez sorrir! Um abraço. :)

      Excluir

 
poético diário 2014-2017 | design por Beautifully Chaotic