março 13, 2016

Sem medo de fotografar

Não é pelo tempo e nem por falta de vontade, é medo mesmo. 

Chega a ser cômico eu dizer que não publico as minhas fotos por medo de tais não estarem legais o suficiente. E é nesse momento que uma interrogação gigante surge na minha frente e diz "qq tá conteseno, filha?". E o que é ser bom o suficiente? Pois bem, depois de muito andar por aí e conhecer galerias tão incríveis e diferentes, descobri um feito que muitas pessoas faziam com que eu não enxergasse: cada qual possui o seu "quê", dessa forma, ser bom o suficiente é ser quem tu é. Então, meus amigos, aqui vão umas aleatoriedades que talvez não façam sentido, mas, eu tô feliz assim.

A graça da vida se encontra em você aprender, errar o foco da foto (lê-se eu), a edição e descobrir uma melhor maneira de fotografar a cada dia, para enfim, se encontrar de vez. E é isso que tô fazendo.






4 comentários:

  1. Também sinto esse medo, as vezes já postei e excluir fotos logo em seguida por achar que não estavam boas o suficiente, mas o bom é relativo, né? Cada um vê uma foto de forma diferente, no final o que vale é ser bom pra gente em primeiro lugar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso aí, Ka! Abraçar o que nos faz bem verdadeiramente é o que importa. Escrever, fotografar e viver sem medo porque temos uma chance para viver e só. É como cê disse: "no final o que vale é ser bom pra gente em primeiro lugar"
      Abraço em tu ♥

      Excluir
  2. esse medo faz parte mesmo viu :) mas não deixa ele te segurar, te prender. depois cê vai vendo como é gostosa essa evolução que rola ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. todos os dias enfrentamos um gigante, mesmo que ele seja pequenin! e uma coisa que aprendi foi ter calma e respirar fundo e... não ter medo de tentar; no fim, essa evolução dá paz!

      agradeço as palavras, ba. abraço grandão ♥

      Excluir

 
poético diário 2014-2017 | design por Beautifully Chaotic