La vie

De dois anos pra cá eu aprendi muito a abraçar certos instantes simples/comuns da minha vida. Dentro desses instantes está inclusa a forma mais leve de viver; tipo aprender a não me importar com coisas negativas ou momentos não tão legais assim. Contar até cinco, ouvir canções e fazer mais alguma coisa pra distrair em vez de enlouquecer, talvez não seja o suficiente [...] então, acabei que voltei a gravar diários, além de escrever. O nosso canal do YouTube é uma página a mais desse blog. O intuito de tudo sempre foi contar histórias, só que eu aprendi muito mais que apenas contar histórias em dois anos de blog.

Se você põe pra frente algum projeto seu que antes não tinha coragem ou por outro motivo; e mais, se você sente a necessidade de simplesmente ter a arte como refúgio, é só começar. A vida tem sede de complementos constantes e a arte é vasta, tá aí pra ser vista/sentida/compartilhada.

Dentro disso tudo, dois vídeos nasceram. Mas eu gostaria de espaço; correr pelos bairros e outras cidades, mas ainda não dá. Segundo, eu quero outro editor de videozinhos, Movie Maker necessita de algumas atualizações, risos. Penso que deu pra amadurecer, nesse sentido; porque já são dois anos aqui nesse diário e se a ideia de permanecer aqui continua e o prazer aumenta (muito), de alguma maneira, eu estou seguindo o caminho certo - não na sala de aula que vou todos os dias -, mas aqui, entre eu, vocês e o universo de palavras.









                


<3

4 comentários:

  1. Preciso mesmo dizer? Ok, eu digo: que paz! Mas, pera, não é mera paz, é uma p-a-z que esbanja dos seus vídeos e das suas palavras (que são de uma simplicidade e doçura sem igual). Desconfio seriamente que encontrei um novo significado no seu diário: serendipidade.

    P.S. "1. Serendipidade: Nos dias de hoje, é considerada como uma forma especial de criatividade, ou uma das muitas técnicas de desenvolvimento do potencial criativo de uma pessoa adulta, que alia perseverança, inteligência e senso de observação.".

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uma lagriminha sorriu no meu olhinho e quase (quase mesmo) caiu com esse seu comentário hahaha Eu sou só gratidão. Gratidão por sempre acompanhar os meus passos e também pelas palavras certas, tipo essa que você me mandou. Eu ainda não sabia o significado dela! Foi como se eu estivesse me lendo... Que paz. Vou adotá-la graças a tu. Abraço grande! ♥

      Excluir
  2. seus vídeos são uma graça, lary! gosto muito <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ai, Ka, que feliz você me deixa! Bom saber. Isso me motiva a continuar. Sou uma grande admiradora sua, 'cê sabe <3

      Excluir