setembro 30, 2016

Time is...



Sempre cito as flores porque cada uma possui o seu momento, o seu lugar, o seu espinho. As flores observam trovões, chuva, mãos que as puxam pela raiz [...] veem o sol, mas, acima de tudo, sabem renascer. E quem foi que disse que pra renascer é necessário apenas um segundo? A flor precisa de tempo e assim somos nós. Por vezes somos vencidos por tantas coisas que chega a doer. E como dói, dói, dói. Talvez nos falte tempo. Tempo pra sentir que os espinhos fazem parte e tempo pra entender o nosso espaço. Essas são circunstristezas da vida. 







Beijo grande e até mais! ♥



continue lendo

setembro 28, 2016

Precisamos conversar



Em 2011 entrei pro Tumblr. Quando me dei por conta, geral estava naquele site e cada um possuía o seu estilo de leitura, fotografia, escrita etc. Fiz bons amigos e muitos deles mantenho contato até hoje. Eu amava passar horas e horas por lá. Nunca estava satisfeita com os templates (talvez isso ainda aconteça algumas vezes hoje hehe), e apesar dos pesares, foi lá que alimentei o meu amor por escrever e por todo esse universo que hoje me encontro. Ok, eu escrevia alguns "horrores", mas os tropeços fazem bem né, gente? Pelo menos eu acho.

Aí cinco anos passaram e eu ainda tô aqui. O diário está bem diferente, afinal, tô falando sobre comportamentos e sobre as coisas que estão ao meu redor. Não imaginaria que pessoas do mundo inteiro parariam aqui e que, de alguma forma, as minhas palavras tortas podiam inspirar alguém. Nesse sentido, eu penso que o diário precisa ser confortável pra você que me lê e isso também me fará sentir bem.

Pensando em nós, tô te convidando mais uma vez para responder esse questionário. São coisas simples (tipo em que região tu mora, qual a categoria que tu mais gosta de ler por aqui etc). Assim, com as suas respostas sinceras, poderei tornar o nosso cantinho ainda mais legal. Que tal? Não vai demorar. :)




Em breve encerro o formulário e agradeço a sua atenção. <3

Beijos!
continue lendo

setembro 25, 2016

FREEBIE // Feuilles por vous.



Hoje é domingo e espero que as coisas estejam bem por aí. Aqui está tudo em paz :)

Assim, para cumprimentar a semana que está pra nascer vos trouxe uma lembrança. É simples, foi feita há muito tempo por mim e agora poderá fazer parte dos seus dias também. São ramos minimalistas e a minha frase favorita no rain, no flowers para que você faça o seu computador e celular florir. A frase faz ainda mais sentido na estação que estamos vivendo e saber que ela poderá está com vocês me deixa bem feliz!
 




Você pode fazer download para computador & celular. Espero que tenham gostado ♥


Até logo! Beijos.



continue lendo

setembro 21, 2016

Florescer





Primavera iniciou (acho que ainda faltam algumas horas) e meu coração floriu também - ok, apesar da febre, do corpo imóvel durante horas e das dores... sobrevivi. Essas coisas acontecem, né? Agora é só manter os cuidados e deixar a vida seguir. 

Quando observei tudo já estava nascendo, digo, as flores. Só que elas cresciam em mim. Coisa estranha é viver... por vezes só enxergamos espinhos, só que na maioria das vezes somos flor... e só.

Oi, querida primavera! E por aí, como vocês estão?  🍃🌿💐









Detalhe pra marca do sapatinho que ficou no pé que também estava sujo na hora da foto. O que o solzinho maceioense é capaz de fazer, né? Hahaha




Está tudo florido por aí também? 💐
continue lendo

setembro 16, 2016

chuva



Eu sempre quis ter um quintal daqueles que a gente planta e colhe - e corre. Um quintal pra brotar planta e foto (e talvez um pouco mais de mim). Quintal postiço pra refúgio, prisões d'alma e do peito - só um quintal. Bem, digamos que o daqui é dividido por varais, cerâmica minimalista e só. Mas a gente inventa, faz de conta que tem um jardim e aproveita a chuva que as nuvens ofertam, curte, dança e só.

O lugar é nosso, a imaginação também. Celebre.











vamos nos amar no Instagram (@oilary) também, gente! ♥
continue lendo

O desafiador processo de criação

Assim como em qualquer outra coisa que fazemos - seja fotografia ou a arte de não fazer nada -, precisamos de um guia, uma inspiração, algo que nos mostre o que deve ser feito. "Será que fotografar vale a pena? E se eu descartar x maneira de editar e substituir por essa?" Tudo isso faz parte do seu processo de autoconhecimento. Em algum instante, depois de tantos questionamentos e formas de adaptações ao seu meio, você acaba descobrindo o que vai ser melhor arriscar.

Quando eu pensei que o desenho poderia fazer parte dos meus dias passei a ser mais paciente e observadora. Uma ilustração, principalmente as que você pega como inspiração, precisam dos seus cuidados íntimos. Um olhar mais cauteloso e uma infinita vontade de continuar tentando, sabe? De início você erra, não entende como se faz uma mínima expressão [...] e depois você se supera e quer sempre algo novo.

Você, antes de tudo, precisa entender uma coisa: o processo de criação não tem fim. Não tem um momento final, é um processo... prazeroso processo.





 os traços acima foram inspirados nas obras de dois artistas: Lesja Chernish e Gildo Medina.





Aí resolvi mostrar o meu livro de arte favorito (depois de "Jardim Secreto" da Johanna Basford), essa criação foi uma das coisas mais bonitas que pude ler/estudar no ano. Chama-se "Ilustrations now! Portraits", autoria de Julius Wiedemann. Mais de duzentas páginas nos inspiram de forma íntima e sincera. São obras plurais de artistas do mundo inteiro e poder estudar minuciosamente cada traço me fez melhor.

Eu penso que o barato tá em você se alimentar de arte. Quando você senta e tenta entender o outro, a inspiração invade e algo mágico ocorre: você cria o seu próprio universo. Nesse sentido, vou indicar também o trabalho de pessoas incríveis que me ajudam (sempre) a construir meus planetas e estrelas:

// Juliana Rabelo, Cajila, Amanda Mol, Liu Oliva, Neilla Albertina, Yas Hassegawa, Gabriela, Lucas Oliveira, Meyary Magalhães, Bruno [...] são só alguns que me inspiram cada vez mais.




~

Pra finalizar, um vídeo. O primeiro de uma série de outros. Talvez esse "Desenhe comigo" não tenha sido tão bem organizado como deveria, mas 'cês vão entender que foi o primeiro e prometo melhorar <3 Quero experimentar narrar o processo, ficar mais próxima de vocês [...] O que acham?


continue lendo

setembro 09, 2016

Feeds no Instagram inspirados na rotina


Post delícia de hoje vai ser inspirado em várias belezas que o nosso dia possui, em especial, na simplicidade que é viver e registrar o nosso caminhar de alguma forma. Sou extremamente apaixonada por todas as galerias que eu sigo e hoje trouxe quatro para que vocês possam conhecer também.




l   i  u          o  l   i  v  a



@liuoliva tem um dos corações mais bonitos que acompanho. Essa mulher transmite uma energia linda e nos inspira a viver de uma forma tranquila na companhia de quem amamos. O que mais me encanta diante de tudo é o olhar que ela tem sobre as horas que seguem. Tem alma viajante, de poeta, é mãe do Martim e artista no @atelieciranda.


m     r     n     a     n     a     i     r     a      m    


Acompanho a @mrnanairam a uns meses e muito me encanta a maneira em que as horas e os lugares dançam nas lentes dela. Tem amor visível, flores e café em tudo que ela publica. <3



l  a   f    i    l    l   e    l    e    a 



 A Lea (@lafillelea) mora na Alemanha e assim como todos os outros feeds, sou apaixonada por tudo que ela publica. Cada detalhe do cotidiano, os sorrisos, as comidas, as festinhas que ela se faz presente [...] tudo. Certeza que vão gostar também e que se sintam inspirados/as. E, ah, ela tem blog também! :)


r     i     b     e    i      r     o           i   s     a    d     o     r     a



E lá vamos nós falar da menina-luz-poesia dos nossos dias mais uma vez. Isadora, menina Isa, é alguém que muito admiro. Aprendi a ser serena e a gravar sem receio sobre os meus dias, devido aos seus posts e vídeos. Ela tá no Insta (@ribeiro_isadora) com a sua família, no blog e YouTube também! Tu sempre vai encontrar amor, prosa, café e fotografia nesse cantinho lindo.


m    a      r      i     a           d      i     n     a      t    


A doce Maria registra os dias e compartilha na sua galeria do Insta (@maria.dinat) todos esses amores. É fotógrafa, mãe e tem um blog com um dos nomes mais bonitos que conheço, o amor plural. Todo o conjunto de luz que ela e sua família nos presenteia me faz sorrir todos os dias.

falta um.....................

o     i          l      a       r      y



 Amo essa Insta porqu... hahaha! Então, esse é o meu, o @oilary pra 'cê me ver por lá também :D



Espero que tenham gostado das lindas indicações. Beijo grande <3  
continue lendo

setembro 06, 2016

sunday smile | o litoral de alagoas


Vou começar dizendo que o meu tipo de praia favorita é aquela em que o sol não aparece. Coisa estranha pra quem mora em um dos estados mais quentes (e com as praias mais bonitas hahaha). Solzin bom é o da manhã, aquele vai até as oito, depois disso eu derreto um pouco. Mesmo assim, gosto de conhecer os lugares e de poder viver esses momentos.

Nos últimos domingos saí um pouco mais de casa e abraçar as praias desertas mudou um pouco as minhas ideias sobre esses lugares, ou melhor, confirmaram o meu amor por tais. Do caminho aos cantos que eu ainda não conhecia, levei vocês comigo e também resolvi transmitir por aqui. ♥

 



 









Segue a série do "acho a flor bonita, mas não sei o nome". Quem mora por aqui deve ter observado que após Guaxuma (bairro da cidade), existem muitas árvores como as registradas abaixo. A minha vontade era de ficar no caminho só pra eu poder registrar todas as flo com mais cuidado. Nesse instante, registrar da janela foi o que me restou hahaha


 



Espero que gostem de registrar com as lentes do coração as coisas ao redor d'ocês. Se isso acontecer, me mostrem, quero ver! :)
Abraço de urso e até mais.
continue lendo
 
poético diário 2014-2017 | design por Beautifully Chaotic