Bee happy: outubro







Doce-outubro está quase no fim e com ele as lembranças dos dias passados. Vivi um dos semestres mais tranquilos da faculdade, mas só digo isso porque a partir do próximo virarei um pouco mais adulta com o estágio e tce/tcc. Já tenho pensado em temas e espero esclarecer a exatidão de tal em breve para que eu possar iniciar algumas pesquisas - vamos deixar esse assunto para os próximos capítulos? <3

Enquanto isso, recebi duas notícias ontem. A primeira delas é que fui aprovada em todas as disciplinas de Serviço Social e a segunda é que também fui aprovada no Espanhol, ou seja, estou de férias. Antes, preciso ver o caminhar de um último detalhe na faculdade, porém me considero de férias e no próximo post quero conversar sobre isso com vocês.

Hum... e o que as fotos acima me reservaram?

1, 2. Mimos! Mimos! Percebam a quantidade de amor naquele sapinho e na caneta. Tive um encontro muito especial com a Laís, sim, a menina-criadora do bee happy. Foi no início de uma tarde  e conversamos muito sobre (tantas) coisas. Algumas conversas se tornam especiais pelas pessoas, pelos momentos compartilhados com tais e por uma série de coisas que só ambas entendem.

3. A primavera na igreja está linda! Aproveitei e trouxe alguns ramos pra casa.

4. Quatro anos de namoro com ele.

5. Gente, eu estava preocupada por achar que havia perdido essa bolsinha. Dentro dela está uma Kodak 275, uma singela câmera analógica que já foi da minha sogra. O objeto funciona muito bem e um dos  meus objetivos desse ano é testá-la. Vontade de escrever sobre isso e compartilhar meu primeiro contanto com analógicas por  aqui.

6.  A minha história com costura se formou desde que comecei a dar os meus primeiros passos. Todas as mulheres, sim, todas as mulheres da minha família materna tem o lindo dom criativo para a costura. Minha mãe, tias e avó (que brilha no céu) herdaram de uma maneira especial a paixão pela criação. Depois de insistir 15436468 vezes, mainha topou me ensinar crochê - ela não tem paciência, mas o fato de ter topado, demonstrou o grande amor que tem por mim, hehehe.


Como o fim de outubro está sendo por aí? Me conta. :)
E, ah, o projeto da Laís tá só amor! Vamos conferir. ♥

Bisoussss.

4 comentários:

  1. bem vinda ao mundo do amor analógico <3 hahaha acho que minha mãe tinha uma kodak dessa quando eu era pequena, nem sei onde ela foi parar :/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. gosto da "magia" do mundo analógico. as cores, as lembranças, tudo! aaaaa, sempre acontece isso na família. queria muito encontrar umas antigas, mas nunca sei onde foram parar :(((

      Excluir
  2. Fico muito feliz que tenha gostado dos mimos e da conversa, ♥.
    Abraços!

    ResponderExcluir