dezembro 20, 2016

a vida também é lá fora

  "Eu vim aqui só para lhe dizer
Que um novo dia está lá fora
E tá querendo te ver
Viva!"

Hoje eu acordei mais cedo que o normal. Acredito que o relógio nem marcava cinco da manhã e fui pesquisar umas coisas. Aí já viu, né? O sono não veio mais. Me deu uma vontade imensa de escrever sobre alguma coisa que fosse feliz. Falar sobre estar e ser, falar que uma hora as coisas se acertam e que o não você já tem. Digo isso, pois alguns dias nós estamos jururus demais.  A vida nos doa umas canções estranhas e temos que dançar mesmo assim. E eu sei também que em muitas das vezes nós complicamos tudo isso aqui e atropelamos a leveza de ser. 

É o seguinte, três coisas eu te entrego hoje: calma, paz e fotografias em preto&branco para tu possa as colorir. 







"If I was the sun way up there
I'd go with love most everywhere"



notas: a frase de início faz parte da música pra tudo acontecer do Suricato e a segunda faz parte dessa nova versão de that's how strong my love is, que originalmente é do Otis Redding.
 

2 comentários:

  1. colori mentalmente aquelas costelas de adão, que maravilhosas <3

    ResponderExcluir
  2. a folha branquinha desse espécie é a coisa mais liiiinda ♥

    ResponderExcluir

 
poético diário 2014-2017 | design por Beautifully Chaotic