junho 03, 2017

dear diary #8 | ele recitou um poema




Eu andei dez minutos até chegar no prédio e subir dois andares. Amei a janela que escolhi ficar dessa vez - a minha favorita "real" está interditada temporariamente, infelizmente. Ao subir lentamente os degraus ouvi a voz de um homem recitando um poema. Só estavam ali ele, linhas escritas e o silêncio absurdo - já não tão absoluto assim. 

Já disse o quanto gosto desse lugar, né? Uma paz legal pra estudar, filmar, fotografar. Ah, tu pode clicar aqui e ver o post especial de meses atrás. Dessa vez fui sozinha e todas as fotos foram do celular. O momento estava tão legal que fiz uns cliques pra deixar guardadinho nessa categoria que tanto amo aqui no nosso blog. E bem, é provável que vocês vejam sempre fotos de lá por cá hahah Mas não há problema ♥











Esse quadro é um dos primeiros, ele não tem título/nem data; gosto tanto de observá-lo. Gosto tanto de ver a 'viúva' abaixo também. Algumas obras por lá não estão creditadas e é bonito ver como a arte pode nos mover. São vários temas em cada andar, corredores, salas. Miro tudo de pertinho pra tentar entender o que cada artista tentou passar. 








Nenhum comentário:

Postar um comentário

 
poético diário 2014-2017 | design por Beautifully Chaotic