sexta com arte



Hoje daremos um passo importante aqui no blog. Passo que envolve coragem e arte: as minhas ilustrações e as suas histórias. Vou além, pois quero conversar também sobre o processo e os meus aprendizados com cada traço. Arte leve, arte simples e sem cobrança [como deve ser]. Eu sinto que deveria ter feito isso faz um tempão, mas sempre travei e dessa vez dei um vai pra lá nesses sentimentos que insistem em nos travar.

Chega devagar, tira os sapatos e vamos conversar.





Acima, os estudos com aquarela. Uma moça com cabelos azuis e batom escuro. Quem entende "um pouco mais" sobre as técnicas usadas com aquarela vai perceber que essa minha não é a das melhores. E acertou hahah As minhas primeiras aquarelas são escolares, daquelas simples. Mas se tem uma coisa que a arte me ensinou é que não devemos esperar o material perfeito chegar. Enquanto os dias nossos passam temos nós o dever de ir tentando com o que temos. Colocar aquilo que gostamos de fazer em um plano distante é algo que não pode acontecer. Passei por uns momentos tortos, coisas da vida, e comprar certos materiais ficou somente nas minhas metas mesmo [a notícia boa é que logo logo as coisas vão se acertar e mostrarei coisinhas por aqui].

Tenho pesquisado sobre alguns materiais indicados por artistas queridos. 


Através desses escritos da Juliana Rabelo dá pra ter uma boa noção [se você for iniciante como eu] de quais materiais são mais justos nos momentos de estudo. 


nosso  v í d e o    d a    s e m a n a // lá no YouTube mostrei um pedacinhos dos dias por cá




Abaixo e acima, lápis de cor. Sem dúvida alguma: gosto muito desse material. No início de tudo, meu amigo foi um grande professor e acabei encontrando um estilo de desenho. Os traços fortes, as sombras marcadas [...] com o lápis de cor me sinto mais "leve", se assim posso dizer. E como na aquarela, aqui não se difere. Para uns estudos iniciais abracei a Multicolor e foi com ela que me aprofundei mais nos desenhos em si. São bem mais baratos quando comparados com outras marcas, mas vale super se tu está iniciando e quer fazer uns testes.

Os traços abaixo fazem parte de uma ilustra maneira da família da Isa. Em agosto enviarei com amor e muita cor <3





Por fim, a novidade que chegou por aqui no dia do amigo, o meu moleskine da WAD. Bonito & capa que lembra papelão bem durinho. No início vem com poema do Marcos Almeida. As folhas são amarelas e sem pauta. Amo esses amigos que acertam no presente, haha A foto tá no meu insta @oilary (:






O aprendizado de hoje é: não deixe nunca de tentar. A arte é bonita [e pra todos]. Caminha, vai e seja feliz.


♥ 

8 comentários:

  1. Que vídeo mais lindo, poesia! Eu gostei tanto dele, dá vontade de guardar pra mim, hihi. <3 A senhorita ainda tem que me ensinar a aquarelar, viu? Tô esperando ansiosamente suas aulas, nem pense que esqueci, hahah.

    A tua arte, já disse e repito, é tão linda quanto tu e tuas palavras.
    É de encher os olhos e coração. :)

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. nos momentos complicados são comentários assim que me fazem levantar <3 obrigada, obrigada! e vamos marcar esse momento. vai ser bom conversar sobre arte contigo.

      te desejo luz! abraço forte ♥

      Excluir
  2. que post <3
    continua mesmo, é inspirador, lary!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ô Gabs... lê isso de tu me deixa ainda mais feliz <3 muito obrigada!

      Excluir
  3. Que post mais amor, Lary! Senti um aconchego enquanto lia as suas palavras e apreciava as suas artes :)

    Adoro a Juliana Rabelo e os posts que ela fez sobre aquarela são maravilhosos.
    Eu comecei a aquarelar em outubro do ano passado quando encontrei as tintas em tubo da pentel com um precinho ótimo em uma papelaria, até hoje elas estão inteirinhas, mesmo com muito uso. Sempre achei lindo aquarela e tenho interesse em estudar as técnicas e me aprimorar um dia.

    Achei uma graça o seu traço. Lápis de cor é tudo de bom ♥

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. as aquarelas da Pentel são bem indicadas <3 pesquisei vários conjuntos e decidi comprar a com doze cores. quanto aos papéis: tentei me adaptar ao vergê, mas ele funcionou melhor para o lápis de cor. irei em uma papelaria ver outros modelos que funcione com água. mal posso esperar para compartilhar outras experiências aqui.

      agradeço o seu carinho, Mel. boa arte por aí, bom fim de julho! :D ♥

      Excluir
  4. Eu não sabia que a WAD tava vendendo moleskine, que demais esse início com poema de Marcos Almeida ♥♥♥ Eu comecei a aprender aquarela no começo do ano, mas confesso que to me dedicando MUITO menos do que esperava. :( Fico colocando coisas de trabalho na frente, mas sei que preciso separar esse tempinho pra arte e aprendizado (pra mim). Amei o post!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. o moleskine é uma graça! ainda não usei. tô pensando no que colocar por lá ♥ e Kat, o seu post sobre o kit para iniciantes me ajudou muito. espero ler uma atualização sua sobre o assunto logo logo, viu? sei que por vezes é complicado ir praticando, mas uma horinha da semana já é bom pra se sentir bem. te desejo luz.

      um abraço!

      Excluir

poético diário . © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.