agosto 01, 2017

bonjour, BEDA! / beda #1



Sim, esse dia chegou. Foi planejado, pensado com carinho e hoje nasce. Se você ler essa sigla [BEDA] em outros blogs, significa que haverá publicações em todos os dias de agosto - ou quase todos, como é o caso daqui - para celebrar o Blog day que acontece todo fim desse mês. E bem, para quem escreve em cantos virtuais isso passa a ser um desafio gigante, mas não impossível com um jeito aqui ou ali. Desde que 2017 nasceu anotei algumas notas em um caderno e.. voilá! Agosto chegou com inspiração, motivação e o amor que quero muito transmitir.




Qualquer início nos traz ensinamentos. O começo carrega a palavra coragem e nos motiva a não desistir. Foi o que aconteceu comigo nas primeiras vezes que escrevi as minhas histórias e contos. Sou filha única, então considero a poesia uma irmã; a trouxe pra perto sem medo de inventar. Mas nem sempre eu soube escrever histórias felizes. Na terceira série escrevi sobre borboletas azuis e solitárias. E bem, eu nem sabia o que era ser solitária, mas atribuí esse feito para um serzinho que sabia voar e com certeza já tinha sentido mais coisas do que eu.

Eu cresci um pouco mais e pelo mesmo motivo vi que não menti ao citar que seres voadores poderiam se sentir tristes, afinal, hoje eu sei o que a tristeza pode significar. Entendo ainda mais o porquê do meu eu infantil ter abraçado os poemas: eles já nasceram em mim. Não imaginei que somente aos vinte e um eu perderia o medo para as tantas coisas que temi. Então aqui estou.

Contei um pouquinho dessa história para chegar em um ponto importante em qualquer processo criativo, o de nos sentirmos inspirados. Sei que ainda não estamos no dia trinta e um (dia oficial do blog day) mas aqui vão alguns blogs para você se sentir motivado a escrever um pouco mais, quem sabe. Escrever pra você, para os outros, para o tempo. Escrever. Escrever. Escrever.







// vídeo chamada no YouTube





4 comentários:

  1. Estou seguindo no Instagram, estou inscrita no canal do YouTube e só não estou seguindo o blog porquê não achei onde, mas eu poderia morar no teu blog, Lary. Como não te conheci antes? como não conhecia o encanto através das tuas palavras?

    Hoje sou grata ao BEDA pois ele trouxe mais do que inspiração e criatividade, ele me trouxe escritores incríveis, me mostrou blogs que eu nem consigo acreditar que existe de tão aconchegante que é, assim como o Poético Diário.

    Estava eu tomando café e procurando pela palavra BEDA no Google, ao todo eu abri 13 abas com essa temática, sendo o teu blog o número 13, e que sorte minha vir parar aqui. Estou apaixonada pelos vídeos, pela poesia e pela graça com que escreves.

    Tenho que dizer que estou ansiosa para ler o post de amanhã, e que estarei aqui como uma amiga intrusa que chegou do nada e já quer se acomodar. ♥
    Blog Meraki ▲

    ResponderExcluir
  2. você não faz ideia do quanto que o seu comentário me fez bem! muito obrigada, Paloma. foi como um abraço. sinta-se sempre em casa. obrigada mesmo! :')

    ResponderExcluir
  3. Que post lindo, é um daqueles que dá vontade de guardar num potinho, hihi. <3 Amei a estética, as fotografias, o BEDA também. Coisa mais bonita isso tudo. Tô acompanhando de pertinho. :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico toda feliz lendo isso, Laís. a cada dia reafirmo todo o amor que sinto por contar histórias. obrigada, de verdade. ler coisas assim me deixa motivada <3

      Excluir

 
poético diário 2014-2017 | design por Beautifully Chaotic