produção audiovisual no YouTube / beda #3



Eu não sei explicar o sentido das coisas, mas tem um instante que alguns detalhes começam a fluir aqui ou ali. Custamos acreditar, pois o coração aperta quando os sentidos não vão para onde queríamos que eles fossem.

Essa semana não foi fácil. Parece que perdi um pouco da força que eu tenho. Chorei. Meu pai disse que as coisas iriam se acertar, então dormi mais tranquila. 

Produzir conteúdo, unindo a admiração que sinto por fotografar/ilustrar é algo que até pouco tempo eu não sabia lidar muito bem. O motivo dessa quase incapacidade de compreensão é bem simples: a área que estudo  na universidade não tem nada a ver com o que compartilho aqui. Custei a acreditar que seria possível conciliar duas áreas na minha vida. O processo foi doloroso [e por vezes ainda é], mas durante esses três anos de graduação foi possível. Quando me questionam sobre como estou na faculdade respondo um "estou bem". É que no momento explicar essas explosões de sentimentos [sobre o futuro] poderá ser complicado. Sigo o baile e tudo certo.

Saúde mental, serviço social, espanhol, estágio. Eu tô bem. Me sinto sinto ainda melhor quando me ligo ao universo audiovisual. Isso é mais simples de entender, né? Eu, Laryssa, me encontro através dos vídeos; da fotografia, na história contada pelos outros e reproduzida por mim. Esse ano me marca, pois é nele que estou gravando com mais frequência e reafirmando ao peito que eu preciso seguir produzindo. E sabe de uma coisa? É isso que realmente importa. Se o meu eu reconhece e se acalenta naquilo que eu produzo é porque estou no caminho que eu deveria estar. Seja aqui, no canal ou no meu portfólio.

Reafirmar essas verdades não seria possível sem vocês por perto. Não exite uma palavra que seja suficiente para a dimensão da minha gratidão.

E bem, o conselho que eu me dou nesses momentos turbulentos é pra ter calma e me desligar de qualquer coisa que possa me puxar pra baixo. Eu sento, me reorganizo e respiro fundo. Ser grato faz parte desse processo. Então eu sigo.

Perdoem o desabafo gigante, mas eu precisei colocar pra fora o que me sufocou nesses últimos tempos. E falar de saúde mental dentro da faculdade é algo que precisa ser comentado, viu? Não se calem e nem se cobrem de maneira desnecessária.

"Desacelere: olhe ao redor", trecho daqui pra inspirar você + dois vídeos que vão te inspirar também. Um meu, outro da Mariri e o último da Taís.
~


video
eu em Amianto desafinando, porém feliz.

+


MARIRI em "um vídeo para acalmar"




TAÍS IAHN em "momentos"





Nenhum comentário:

Postar um comentário

poético diário . © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.