florindo

Voltei após semanas. Escrever os últimos posts foi algo difícil, talvez a coisa mais difícil que envolvesse o blog esse ano. Eu gostaria mu...

Voltei após semanas. Escrever os últimos posts foi algo difícil, talvez a coisa mais difícil que envolvesse o blog esse ano. Eu gostaria muito de voltar e falar somente de coisas boas. Falar das pequenas felicidades que me tomam, dos estímulos diários que recebo, da esperança que aflora em mim; mas, outra vez me ocorreu de adoecer um pouco. Adoeci por fora e me preocupei por dentro. Mas isso está ficando lá atrás, juntinho com os medos bobos que um dia souberam me tomar.  Foi aí que essa semana repensei sobre a minha "carreira", sobre a vida mesmo e tomei algumas decisões. Essas que estou guardando aqui dentro e no momento certo serei justa em compartilhar; e isso não é agora, mas sim, numa próxima primavera. 

Durante esses momentos difíceis acabamos sendo mais injustos do que justos com nós mesmos. Costumo dizer que isso é terrível. Julgar o seu reflexo, os seus passos, as suas dificuldades. E não nos culpo, não culpo os momentos sensíveis que vivemos.  Se eu pudesse abraçar todos que já sentiram esse nó, assim eu faria. Sou grata por aprender com esses tropeços e por saber olhar para trás de alguma maneira. 






E ocorreu que, mais uma vez, eu escolhi a arte. Desenhei minha logo, reformei meu portfólio inteiro, encomendei carimbos, arrumei minhas asas, aquarelei flores e abracei o real sentido da primavera. Acontece que as flores somos nós. Elas sofrem caladas, abafadas como nós. Depois ela se ajusta, cresce, cai, cresce mais uma vez e, mesmo com a tempestade, entende a sua hora de florir. Aqui estou. Com os meus pincéis em mãos, as minhas folhas e a criatividade. Flori o meu peito, flori a minha casa. Pausar pode ser bom e retornar é melhor.





Nesses momentos de incerteza você pode:

- Parar e repensar sobre o que realmente te faz feliz
- Ver o que você pode fazer para reverter essa situação (e não se culpar!)
- Entender os seus tropeços e caminhar
- Ouvir aquela canção que toca o seu coração e motiva
- Ficar rodeado do trabalho de pessoas que te inspiram
- Não desistir! <3





.

2 COMENTÁRIOS

  1. Gosto tanto de posts assim, nesse tom de calma e delicadeza, e essa aquarela ficou tão linda, Lary. Seu portfólio também está muito lindo e eu amei a logo. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. por mais que o post tenha sido "tristinho" lá no início, sinto o mesmo gosto que você. compartilhar detalhes da vida é muito bom, né? e fico feliz que goste de me acompanhar ♥ isso é importante.

      Excluir