o tempo é bom


Lembro que aos 19 anos, poucos anos atrás, escrevi uma publicação aqui no blog sobre os meus medos relacionados ao futuro. Aos 21 não me sinto distante desses medos, mas aprendi bem mais a lidar com eles. Estando quase um mês em casa me senti plena como eu não me senti por muito tempo atrás. Os dias passaram e conscientemente abracei o hábito de fazer mais coisas para os meus dias, principalmente coisas que pudessem me transformar para o bem diariamente. Eu fico feliz [e cheia de borboletas no estômago] quando encontro alguém na faculdade que diz "eu li seu blog" ou "vi aquele trabalho que 'cê fez". Sério, isso me completa. Será que eu realmente estava me dedicando aos caminhos que me abraçam? Por onde andei? A resposta é não sei completamente.

Ficar em casa me permitiu olhar para a minha saúde, para as minhas escolhas. Ficar em casa me permitiu respirar. Ter aqueles respiros que precisei anos atrás. Daqueles em que, por um segundo, tudo faz sentido. Ao acordar eu percebi que deveria ter me dado mais tempo após o término da escola. Que eu deveria ter esperado mais. MAS (sim, em caixa alta), todo esse tempo foi essencial para a minha descoberta. Hoje eu me reconheço mais, eu penso, sei falar, escrever. Eu sou. Por isso, mesmo com tantos quês sou grata a universidade e pelo universo que pude conhecer lá dentro. Com as férias eu entendi que o tempo deveria ser prioridade para qualquer ser humano. E bem, não quero contar as próximas páginas desse capítulo que escrevo. Quero caminhar leve como esse dezembro-janeiro me ensinou a ser. Adaptando o meu destino feito (calma)leoa e seguindo. Navegando. Sendo.

É provável que até a minha volta para o último ano naquelas salas vocês me leiam um pouco mais. Inclusive, janeiro foi um mês muito bom para o blog. Muitas pessoas chegaram, leram. Fazia tempo que eu não escrevia tanto. Compartilhar histórias é sempre bom e eu cresço a cada dia com as minhas escolhas. Através desses passos eu me sinto mais inteira e, bem, para não perder o costume, filmei um pouco dos meus passos para vê-los daqui a um tempo. Espero ainda voar. Espero muito continuar espalhando versos e imagens por aí.

-

Estamos quase chegando aos 100 escritos no YouTube. Imaginei um encontro com cem pessoas e isso me fez pensar que isso é uma soma cheia de amor e significado. Muito obrigada. Se você ainda não é inscrito pode clicar no botão ao lado e conferir alguns dos vídeos que já nasceram. Tudo isso é importante pra mim. <3


.


2 comentários:

  1. Eu amei o vídeo com o registro das suas férias. É o tipo de lugar que eu amaria passar as férias, por ter o mar. ♥ E parabéns por estar chegando a 100 inscritos. 100 PESSOITAS! que louco! que mágico!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. descansar é bom, né? esses momentos praianos são um dos meus favoritos - principalmente em dias nublados. e obrigada, Clarinha <3 100 pessoitas são muitas pessoitas, hihi.

      Excluir

poético diário © , Todos os direitos reservados. DESIGN DO BLOG POR Sadaf F K.