menu
fevereiro 07, 2018

registrar a vida: comece



Não sei ao certo quando me bateu aquela vontade de ver a vida com outros olhos. Não olhos, especificamente, mas sensibilidade para acreditar que a vida é ainda mais fantástica se pudermos fazer algo por ela (e por nós!). Talvez tenha sido depois de assistir ao filme da Amélie Poulain e também depois de saber que existiam blogs e uma blogsfera bem bonita nesse mundão que o meu interesse aumentou. Depois disso eu fui seguindo com a vida, seguindo, registrando, seguindo e tô assim até hoje. Por vezes a minha timidez atinge o grau extremo quando me encontro com a minha família e conhecidos, pois sei que eles sabem que resolvi contar histórias em um blog e canal - devido a isso nem sempre falo sobre o blog, por exemplo, com algum parente. Vocês são assim também? Aos poucos estou deixando isso de lado e me acostumando com "li seu post ontem" ou "amei aquela foto lá", rs. 

E bem, dia desses uma coisa boa aconteceu - na verdade foram várias. Uma delas foi o nascimento da Outra semente. Uma oportunidade que encontrei para estudar bem mais os meus rabiscos. Foi bonito ver que vocês abraçaram essa causa e isso me deixou super motivada. Janeiro foi um mês muito bom. Nele, o sentido da palavra registro ficou mais evidente e eu pude ter mais certezas sobre os passos que estou dando. Dentre essas descobertas eu fiz algo que há tempos não fazia: ler meus textos e assistir vídeos antigos produzidos por mim. Entre as risadas, obviamente, eu vi o quanto foi importante eu ter reservado um minuto para reler as minhas histórias e deixar em evidência algumas coisas que eu tinha vivido. Por isso me senti tão motivada a escrever este post.













Você costuma registrar a sua vida com qual frequência? Já pensou em como fazer isso pode ser incrível? 

Gravei um vídeo super especial no nosso canal. São alguns minutos onde compartilho com vocês partes importantes do meu processo criativo. São os momentos em que eu comecei a registrar a vida. Sim! Os primeiros cadernos. A maior parte deles eu nunca havia mostrado a ninguém. Se algum de vocês estiver com a curiosidade de ver algum deles mais detalhadamente é só comentar que me organizo para produzir mais vídeos assim.

Continuarei dizendo:

Sinta. Fale. Registre. Seja. Viva.




4 comentários:

  1. Encantadíssima com os seus cadernos Lary. Tenho certeza que você inspirou muita gente ~ eu saio daqui inspirada demais, que coisa linda! <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico tão feliz ao ler isso, Camila! registre os seus passos. é sempre bom fazer isso <3 obrigada por tanto carinho.

      Excluir
  2. Queria muito começar a registrar todo dia um pouquinho da minha vida. 365 formas de registrar de um jeito diferente, não sei se conseguiria. Nunca pensei em como fazer isso ser incrível, mas agora eu acredito que você me inspirou um pouco e vou ficar pensando nessa pergunta durante um bom tempo! Socorro, você me infectou com o vírus mais poderoso : o da ideia.

    Eu amo suas ilustrações!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. então vai e registra! é lindo e você vai amar <3 depois me conta como está sendo a experiência. eu fico super animada quando o assunto é registrar pequenos (grandes) momentos.

      Excluir

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial