favoritos dos últimos tempos

Lembram que eu falei nesse post sobre a importância de fazermos um ato de amor a nós mesmos? Esse ato envolve tanta coisa. Lembro que ...


Lembram que eu falei nesse post sobre a importância de fazermos um ato de amor a nós mesmos? Esse ato envolve tanta coisa. Lembro que indiquei música e até a receita da minha vitamina de banana para vocês tomarem por aí (eu amo). E mais do que bebidas e canções, existem coisas que chegam e deixam o nosso coração mais quentinho. Inspirada na lista da Isadora sobre as suas coisas favoritas, resolvi também mostrar o que rolou por aqui.


- Sabonete 100% natural de argila verde - A idade nova chegou e eu me dei conta de que não estava fazendo nada (nada mesmo) para cuidar da minha pele facial/corporal. Desde pequenina vejo ela, mainha, cuidando da pele do corpo e rosto; mas ao contrário dela, eu sempre tive preguiça - do tipo muita. O primeiro passo foi entender que o meu corpo é o meu lar. E do mesmo jeito que gosto das minhas coisas organizadas, sei que meu corpo também merece esse ato de amô. Sei que a argila é bem legal para a pele e normalmente faço assim com meu rostinho: sabonete de argila > leite de colônia > hidratante. Por mais que pareça complicado manter esse cuidado, dar um passo de cada vez para ele é sempre uma boa escolha.

*Comprei o sabonete no bairro e custou um pouco mais de $3.





- Troca gratuita de livros - Alô alô você que já leu todos os seus livros (ou não) e tá desejando muito doar alguns ou trocá-los por outras criações maneiras. Conheci um sistema em Maceió, mas especificamente na Biblioteca Pública da cidade, onde você pode trocar os seus livros por outros. Doei Cinco minutos de José de Alencar e trouxe A first sight do Nicholas Sparks pra casa. A biblioteca fica aberta das 9h às 17h e fica no centro de Maceió (em frente a praça que fica de frente para a Catedral Metropolitana).



- Um sapato - Eu sempre quis um sapato que durasse muito e me trouxesse conforto. Eis que encontrei um oxford point da Zaxy com mini salto tratorado por $30 (TRINTA REAISSSS) e que antes custava $80. Ou seja, uma econonima de cinquenta golpinhos. Escolhi a cor preta e só depois me dei conta que todos os meus sapatinhos são pretos, mas eu amei mesmo assim.


- Vídeo sobre bad day e coisas boas - Produzir conteúdo sempre me move para caminhos bons. Eu gosto de pensar, construir um post, pensar um vídeo. Mesmo quando alguns dias são mais difíceis do que outros, é na criação que me sinto melhor. Esse vídeo da Jim Reno traduz muito isso. Tá tudo bem e tudo fica bem também. 




- Desenhar em folhas gigantes - Isso foi algo bom. Ilustrar em folhas maiores me deu um novo "gás" e a sensação boa de querer espalhar cartazes pelo mundo é muito boa também, risos. Até agora fiz essa borboleta e também uma sweet menina - que compartilhei com vocês via Twitter. Super recomendo que vocês comecem a rabiscar também, viu?

- Ficar menos no celular - Aprendi a não ficar tanto assim nas redes sociais. Costumo ficar com o celular um pouco mais a noite e bem menos durante o dia. Isso me ajudou a ser mais produtiva. Foi uma escolha minha porque alguns hábitos estavam me gerando consequências como: diminuição nos estudos, desatenção, improdutividade etc etc etc. Voltei a registar minhas coisas em uma agenda, além de perceber que dava para adaptar um pouco melhor dias versus afazeres. De uma maneira geral funciona assim: confiro "por cima" notificações extras ao acordar, a depender da responsabilidade respondo e depois disso me dedico às atividades (relatórios, provas, a faculade); ao concluir migro produção visual e textual. Ou seja, audiovisual, fotografia, blog e outras redes ~instagram, twitter, facebook. Resumidamente é isso.


Eu amei muito as fotografias de hoje e também gostei desse formato de post. Vocês também? O que aconteceu recentemente e te inspirou? Me conta! <3

6 COMENTÁRIOS

  1. que post gostosinho! tô apaixonada por esse seu sapatinho e chocada que pagou so 30 reais! ONDE ACHO POR ESSE PREÇO, MIGA? HAHAH. amei demais esse vídeo que indicou, tenho vários desses momentos de não querer/conseguir levantar da cama, então ele me inspirou bastante (tô pensando até indicar nos favs de domingo!) <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MARISAAAA! acho que o preço era porque os sapatos estavam quase acabando. vale super a pena conferir essas lojas de tempos em tempos <33 já é a segunda vez que compro algo por menos da metade. e, ah, fico SUPER feliz que esse post tenha te inspirado <333 e fico contente tbm que você tenha voltado e esteja aqui. indique o vídeo sim. imagina outras pessoas se sentido tocadas por ele como nós? ahhh.

      abraços!

      Excluir
  2. Amei esse formato de post, deixa tão intimista <3 e amei o tom das fotografias <3.
    A biblioteca aqui do bairro também troca livros, preciso fazer o mesmo!

    Com amor, ♥ Bruna Morgan

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. faz sim, Bruna! depois me conta sobre essa troca, viu? achei demais a experiência por aqui. tinham muitos livros. <3 fico feliz que esse post tenha abraçado vc de alguma maneira. um super abraço. <33

      Excluir
  3. Que post mais delicado Lary ♥ adorei essa troca de livros, poderia ter em toda livraria!

    É tão bom quando a gente acha sapatos que a gente queria e baratinhos né? Dá um orgulho a mais usar uma peça dessas hehe

    Nossa, também ando bem perdida nesse aspecto criativo. Tem vezes que eu quero fazer de tudo, mas eu nem sei por onde começar. E tem vezes que não da vontade de fazer absolutamente nada.

    ResponderExcluir
  4. eu gostei taaaanto desse vídeo da jim reno ♥

    ResponderExcluir