calma no furacão

O momento atual me fez refletir tanto. É um nó tão grande na garganta, amigos. Sei que não sou a única a sentir, sabe? Tenho partilhado esse momento com tantas mulheres incríveis lá no facebook, instagram e pessoalmente. Durante os anos passados conheci tantas pessoas e ainda bem que a arte nos sustenta. Que a palavra é abrigo, que a canção é abraço e que nosso grito é escutado através disso tudo. 

Não ando aparecendo tanto por alguns motivos que já falei, mas o instante político atual me fez pausar também. Tenho dito que todos nós estamos perdendo com essa naturalização de desamor, mas isso foi assunto de outros posts e de algum outro que aparecerá aqui essa semana. Ainda bem que existe calma no furacão - apesar de tudo. Hoje trouxe as minhas. 



1. Trouxe pra casa dois broches lindos com artes feitas pela própria Frida entre 1939 e 1940. Conheci a sua história mais profundamente ano passado, não lembro bem. De fato, tudo o que aconteceu com ela foi bastante profundo e sofrido, mas eu não imaginei que seriam tanto. No meio dos seus versos, aquele diz "pinto flores así no mueren" é o que sempre me marca. Por isso, quando bati o olho em muitas coisinhas pra vender na faculdade, não pensei e trouxe um pedacinho da senhora Magdalena Carmen Frida Kahlo y Calderón comigo. 


2. Como na reta final do curso eu não tenho condições de focar em alguns trabalhos (mas a agenda de 2019 está aberta, amigos! me chama que marcamos. ainda tenho vaga pra te fotografar em janeiro ), as migas seguem me ajudando a estudar poses, colorações e todos os detalhes lindos que a fotografia envolve. Esses registros da Amanda e da Gabriella me deixaram feliz demais. Acabei estudando bem mais sobre alguns detalhes que eu não entendia e até atualizei o portfólio e o facebook


3. Floriu aqui. Aprendemos a "interpretar" o tempo das flores, sabe? Estranhamos por ver as roseiras morrendo, mas tínhamos esquecido de que a primavera estava próxima. O resultado foram as flores, as plantas mais verdes e outras também partindo para surgir em outra estação. Tem sido muito bom aprender com todos esses detalhes. Até a nossa espada de São Jorge resolveu sorrir. A citação no rain, no flowers faz muito sentido - eu sempre digo isso. A vida é sobre amor e paciência. Lembrem sempre disso. 


4. Receber amigos em casa é algo que eu gosto muito. Faço questão de abrir a porta, de preparar detalhes, de fazer algum doce. Momentos assim não têm preço. Nesse dia da foto lembro que assistimos lendas urbanas (sdds infância) no YouTube e também refletimos (como sempre) sobre as coisas da vida. Deu tempo de fotografar o Hyago e até de gravar uns takes que logo virarão filminho pra aquecer o coração no nosso canal. Algum dia partilho com vocês mais carinho na forma de vídeo. 

Tô escrevendo esse post e ouvindo minha playlist no Spotify. A música, desse momento, é a Between the bars do The civil wars. "Que tal colocar aqui também?", pensei. Então aqui está. <3


See you!



Follow my blog with Bloglovin

9 comentários:

  1. Tuas fotos fazem-me sentir agraciadas de tanta beleza contida nelas e tuas palavras me fizeram também. Seu blog é adorável <3
    Teve umas semanas - ultimas passadas - que senti esse nó na garganta também, e tive muitos momentos de reflexão (a vida ás vezes é complicada, né? mas uma hora as coisas se ajeitam, sigo tentar acreditar nisso). E espero que tu fique bem também ♡
    Broche da Frida *-*
    Estou adorando ouvir a música ♪♫
    http://www.noitecer.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. um passo de cada vez <3 nessa ordem, com alma e calma e tudo faz sentido. sempre assim.
      é bom te ver aqui, Georgia! te desejo todas as coisas boas que a vida pode nos doar.

      Excluir
  2. O título desse post não poderia cair melhor!
    Que paz ler tudo isso e ver suas fotos sempre tão expressivas me trouxe... São tempos difíceis, a gente fica desacreditado vendo tanta violência, mas esse post me trouxe paz...
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. esses tempos nos deixam tão pra baixo, né? até voltar pra cá me foi difícil. mas continuar é preciso e ver os detalhes bonitos da vida também. <3 é bom te ver sempre comigo. super abraço, Laurinha.

      Excluir
  3. "a vida é sobre amor e paciência" que post mais lindo de ler <3 amei demais tudo que escreveu. a frida, os registros, a música, tudo. boa sorte nesse final de semestre ♥

    ResponderExcluir
  4. Rolou nó na garganta aqui tb e meio que ainda estou aprendendo a melhor forma de lidar com tudo que está acontecendo. Fico feliz de não estar sozinha nessa jornada e que a internet atrai pessoas que seguem resistindo. Um grande beijo!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, a original dessa música é do Elliot Smith. É muito linda tb.

      Excluir
    2. ainda bem que temos uma a outra nesses tempos estranhos. força daqui pra frente. que o amor esteja conosco! abraço, querida.

      p.s.: eu não conhecia o Elliot. obrigada por comentar! s2

      Excluir

Poético Diário © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.