reflorescência, o livro da P. Luiza




Eu comecei a usar redes sociais em 2011, ano em que tive acesso a internet em casa pela primeira vez. Conheci blogs, me aventurei com o Tumblr e foi nessa fase que conheci a poesia e a fotografia. Anos depois eu entrei para o Instagram e o efeito foi o mesmo, só que na plataforma me aproximei de muitas pessoas. Algumas do lado da cidade, outras do outro lado do oceano e a Luiza, uma amiga do sul do Brasil. 

Penso que o que nos uniu foi a poesia, de fato. Nossos users combinavam antes mesmo de nos conhecer. Eu, poesialary e ela, até hoje, poesialuiza. Demos as mãos, mesmo longe, numa dança de versos, alegrias, angústias e sonhos - muitos, por sinal.  Desde 2014 [Lu, me corrija se eu estiver errada, rs] trocamos cartas. Todas as que chegaram, todas as que partiram representam partes muito sinceras de nós duas. Todos os envelopes que tenho representam a parte mais bonita que um ser humano pode ter: a sua essência



Dessa vez enviei alguns adesivos que ilustrei [weee], um print da Inventamor [que amo muito e já mostrei muito aqui e aqui] e também cartões sobre o meu projeto com a fotografia. Acredito que nunca havia registrado detalhes das cartinhas assim e revendo esse instante só afirmo que trocar cartas é uma das coisas mais lindas da vida.


Quando a Lu me enviou a carta, senti que esse envio (em fevereiro de 2018) seria mais que especial. Eu senti porque sabia que naquele envelope viria o primeiro livro da Luiza, o seu Reflorescência.

Então imaginem. Estava eu, pronta para ler o livro da minha amiga após anos acompanhando o seu processo e lá estava diante de mim: crônicas, poemas, ilustrações. Um universo de verdades que me deixou muito [muito] emocionada.




 A arte da capa foi feita pela Morgana Feldhaus e a arte final desenvolvida pelo Fabrício Álex Bittencourt. A mistura de cores em aquarela ganhou o meu coração e de alguma maneira me senti ainda mais pertencente às páginas que Luiza criou.

Seguindo com esses detalhes lindos, o livro é dividido em cinco capítulos [I o pássaro, II a concha, III a xícara, IV o cabide, V o balão] e cada um deles traz crônicas e reflexões que cabem super bem dentro das nossas histórias. Admiro muito quem escreve com o cuidado e a sensibilidade de atingir quem o lê. E bem, a Lu conseguiu fazer isso comigo.




"na pintura da vida 
as histórias são o amor
manchado de aquarela 
por lágrimas-de-cor [...]" 

Reflorescência, p.96.




Espero muito que vocês tenham sido abraçados por detalhes especiais da minha amizade com a Luiza, assim como também espero que as páginas que ela escreveu tenham motivado vocês a admirar a vida por ângulos especiais. E ah, se você quiser adquirir essa obra é só conversar com a Lu através do seu Instagram, viu?

See you!

5 comentários:

  1. Que bonito o trecho de um dos poemas do livro!
    Acho que esse livro é uma lufada de ar fresco, cheio de vida e alegria que é impossível não abraçar!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. fico muito feliz que tenha gostado, Inês! e tens razão, pois esse livro é muito cheio de vida 🌹

      Excluir
  2. Ah, que lindo! Vou me organizar pra garantir uma cópia também. <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. embro muito de você ao lê-lo. tu irá gostar muito <3

      Excluir
  3. Adorei seu esse seu artigo, realmente é um dos melhores blog que estou visitando. Suas postagens são excelente! Parabéns!

    Já até salvei em meus favoritos ❤️..

    Meu Blog: Resultado Loterias de Hoje

    ResponderExcluir

Poético Diário © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.