Paris bem aqui

 

palavras. eu sempre gostei de escrever e sentir o mundo através das tintas, da música e da fotografia. por isso eu valorizo muito as cartas e as sensações que ela provoca no meu coração e de quem a recebe. hoje foi diferente, pois recebi cartões e chorei porque a sensibilidade que em mim reside me mostrou que as palavras, a história e a fotografia realmente mudam alguém. eu sou muito feliz por encontrar pessoas iluminadas e que apenas reafirmam ao meu ser que arte é vida e importa.

Esse foi o texto que escrevi no meu perfil do Instagram logo após o carteiro ter entregue uma surpresa. 

Sabe, eu sempre abracei as palavras e nunca me arrependi disso. Fui aprendendo que os versos melhoram a vida de alguém e que de alguma maneira a arte poderia salvar qualquer pessoa. Palavra desperta, fotografia resgata e tudo isso junto importa. 

Eu tenho certeza que por esse motivo sempre me senti impulsionada a trocar cartas com as pessoas. Assim ocorre com Luiza, assim ocorreu com Hadassah e tantas outras pessoas. Arte é conexão e vida. 




Uma semana após o meu aniversário chegaram palavras da Jaque. Eu me emocionei porque senti o quanto ela me viu com o coração. Em letras lindas e peito aberto me enviou partes da sua viagem por Paris - quem não sabe, um sonho sincero meu é poder conhecer Montmartre, bairro parisiense onde a personagem Amélie Poulain morou. Imaginem só abrir o envelope e ler sobre o tal bairro, ler sobre Yann Tiersen e ainda receber girassóis de Van Gogh [que vão ser enquadrados em breve!]. Eu quis registrar para que vocês pudessem admirar tantas cores lindas comigo. 





Para encerrar, o reflexo do céu na xícara de café que acompanhou o post e um vídeo curto sobre a chegada desse envelope. Achei tão lindo poder mostrar detalhes por aqui. Fico muito feliz que o blog me permita conhecer mais pessoas e voar um pouco mais a cada dia. 

E Jaque, esse post é dedicado à você. 




2 comentários:

  1. que coisa mais linda, parece um sonho. tanto amelie, como suas fotografias, como os presentes... e as cartas! sou encantada por essa comunicação tão atemporal, e ao mesmo tempo tão faltante no nosso cotidiano. tenho sido muito saudosista da minha infância e de tempos que eu não vivi. vou preparar algo por aqui também

    ResponderExcluir
  2. Admiro quem tem o dom e abraç c.a as palavras porque nunca foi meu forte. Lembranças diversas de ataques de ansiedade quando a professora proferia as palavrinhas mágicas "hoje vocês vão fazer uma dissertação sobre..."
    E que coisa linda essa amizade nascida por blogs. Minha melhor amiga (de bem mais que uma década aliás) nasceu da internet e gostos em comum e ainda não inventaram nada melhor para encurtar distâncias.
    Bjs

    ResponderExcluir

Poético Diário © , All Rights Reserved. BLOG DESIGN BY Sadaf F K.