para que não esqueçam
os nomes daquelas
que foram ofendidas
em sua condição primeva,
este poema.

suas conquistas hão de ficar
para que as gerações celebrem
os feitos valorosos
em águas e terras,
obras e vozes e amores
filhos
amores refletidos.

povoem este poema
fêmeas punidas
pelo que tiveram de melhor:
seus assombros
suas epifanias.

o tempo em degredo falará
dos roteiros esquecidos
de cada mulher
abismo de se saber sozinha
e, todavia, ressoar.




hoje, 8 de março de 2021, nada mais forte e político do que palavras escritas por Neide Archanjo, escritora brasileira que muito admiro.

a nós

março 08, 2021

para que não esqueçam
os nomes daquelas
que foram ofendidas
em sua condição primeva,
este poema.

suas conquistas hão de ficar
para que as gerações celebrem
os feitos valorosos
em águas e terras,
obras e vozes e amores
filhos
amores refletidos.

povoem este poema
fêmeas punidas
pelo que tiveram de melhor:
seus assombros
suas epifanias.

o tempo em degredo falará
dos roteiros esquecidos
de cada mulher
abismo de se saber sozinha
e, todavia, ressoar.




hoje, 8 de março de 2021, nada mais forte e político do que palavras escritas por Neide Archanjo, escritora brasileira que muito admiro.



e para espantar alguns receios vindos com a ansiedade e os tropeços cotidianos, nos últimos dias tentei pintar após meses sem saber como manusear pincéis, li algumas coisas, ouvi e assisti outras também. 

_ por aqui, comprei e chegou uma caixinha com três livros sobre a história da Anne (sim, a Anne com E da Netflix);
_ estou lendo algumas coisas de uma vez, incluindo: o ano em que disse sim da Shonda Rhimes (indicação da amiga Karine) e Anne de Green Gables da Lucy Maud Montgomery;
_ concluí Ratched (série Netflix) e achei a direção de arte + fotografia  i n c r í v e i s;
_ while everything burns de Fabrizio Paterlini é a minha canção do momento; 
_ fui arrumar as fotos de rua que fiz de janeiro pra cá e contei 215 (duzentos e quinze) arquivos no computador. sim, amo bastante registrar o movimento urbano <3 posso escrever sobre isso aqui algum dia, o que vocês acham?


apesar do post breve, espero que tenham gostado de ver alguns detalhes do lado de cá.
 como vocês estão? 
um abraço;

{}.

hiato

fevereiro 22, 2021



e para espantar alguns receios vindos com a ansiedade e os tropeços cotidianos, nos últimos dias tentei pintar após meses sem saber como manusear pincéis, li algumas coisas, ouvi e assisti outras também. 

_ por aqui, comprei e chegou uma caixinha com três livros sobre a história da Anne (sim, a Anne com E da Netflix);
_ estou lendo algumas coisas de uma vez, incluindo: o ano em que disse sim da Shonda Rhimes (indicação da amiga Karine) e Anne de Green Gables da Lucy Maud Montgomery;
_ concluí Ratched (série Netflix) e achei a direção de arte + fotografia  i n c r í v e i s;
_ while everything burns de Fabrizio Paterlini é a minha canção do momento; 
_ fui arrumar as fotos de rua que fiz de janeiro pra cá e contei 215 (duzentos e quinze) arquivos no computador. sim, amo bastante registrar o movimento urbano <3 posso escrever sobre isso aqui algum dia, o que vocês acham?


apesar do post breve, espero que tenham gostado de ver alguns detalhes do lado de cá.
 como vocês estão? 
um abraço;

{}.

poético diário