ao ano que nasce


Viver é estar imerso em escolhas diárias. Algumas simples, outras nem tanto, mas sempre precisamos escolher. É assim. Como em outros anos, esse ano escolhi viver os dias a experimentar um novo sentir pela vida me aventurando em cursos opostos ao que "esperei". Essa escolha foi difícil, pois a partir dela eu precisei me despedir temporariamente de muitas outras e essa (breve) despedida me gerou consequências que ainda luto para lidar, como o ritmo lento de produção, perda quase total de vontade para criar algo, a minha ausência em projetos fotográficos e outras coisas muito importantes. 

Mesmo quando essas escolhas me feriram - e ainda ferem -, eu tentei entender que qualquer momento estranho por nós vivido pode ser temporário, então o sofrimento precisa ser convertido em outras coisas para que a jornada fique mais leve. Não sei se deu pra entender, mas é como eu disse em outro post: é como se você pudesse transformar a sua dor em algo bom. Em horas vendo algum filme, em minutos escrevendo como foi a sua manhã, ao fazer uma limpeza em redes sociais e acompanhar aqueles que possam te iluminar, e por aí vai. 

Para o ano que nasce eu não estabeleci nenhuma "obrigação" a ser cumprida, mas pensei em motivos que podem me deixar mais confortável vivendo. Não é segredo, é a leveza que todos têm que viver. Essa leveza consiste em olharmos com calma para o que somos apaixonados e não deixar que outros diminuam o que você ama, consiste em você tentar não se culpar e entender que a jornada de cada um é diferente - o que faz a tua ser mais linda ainda; tem tanta coisa. São detalhes simples, mas que merecem a nossa atenção. Com alma, com calma. O meu desejo hoje é que o próximo ano seja simples e completamente leve em muitos sentidos - pra tu e pra gente. 

P.s.: Na foto do início do post um trecho de Oceans, música que é importante demais para os meus dias.

6 comentários

  1. Seu blog é incrível e traz muita sensação de paz o que você escreve.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. seu comentário me trouxe paz! obrigada por isso. <3

      Excluir
  2. Ahhh, suas palavras são um conforto na minha alma ♥
    Vim parar nesse post antigo pelo post da Ka. E que bom que isso aconteceu :)
    Tenha um lindo dia Lary,
    Beijos, Flora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. flora, querida! <3 que maio, e todos os outros meses, sejam leves à você. sinta o meu abraço sincero, viu? obrigada pelo carinho de sempre. :)

      Excluir

poético diário