fevereiro 14, 2020

o que a imagem realmente é


Tem um pedaço meu que mora no clique, na edição, no pensar enquanto namoro algum enquadramento até publicar uma fotografia. Tenho a imagem como algo valioso, pois ela me auxilia a registrar o bem e as cores que o mundo me dá. Costumo ver tudo com um efeito pronto, um olhar sincero quase automático sobre a vida. Eu vejo e sinto e sinto porque me vejo não mais longe da imagem, mas a fotografia sempre em mim.  










Fiz essas fotos no último fim de semana que passou e lembrei de outros trechos filmados e guardados em meu computador. Delas nasceram essa publicação e um singelo vídeo como sempre costumo fazer.


See you.

5 comentários

  1. Não entendo muito esse mundo da fotografia, mas entendo as imagens, as fotos, como um ato de congelar aquele momento. Não só por conta do lado afetivo, porque pode ser um momento em família, agradável etc... Mas também pelo simples fato de ver beleza naquilo tudo e você ter a ideia de que aquilo não vai durar por muito tempo, ou até dure, mas vai ser modificado e por isso temos a vontade de registrar! Adorei as fotos! ♥

    http://www.adeehmello.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. "ver beleza naquilo tudo e você ter a ideia de que aquilo não vai durar por muito tempo" <3 tu entendeu todo o sentido da fotografia (e muito!).

      Excluir
  2. Aah, que lindeza <3
    Entendo super essa sensação e modo de ver o mundo!
    Beijos,
    A Menina da Janela

    ResponderExcluir
  3. que gostoso voltar e ter esses posts tão lindos e aconchegantes pra ler ♥ apaixonada nesse post e nesse filminho!

    ResponderExcluir

© poético diário . Design by Fearne.