abril 27, 2020

encyclopedia & dressmaking

acredito muito que a maneira mais legal de refletir sobre algo que possa ser inspirador é olhando para dentro de nós, olhando para a nossa história. 

bem na mesinha do meu quarto, como apoio para minhas tintas, guardo com carinho três livros deixados pela minha tia-avó anos atrás. tia Margarida, assim como várias outras mulheres da família - incluindo minha avó e mãe -, foi uma costureira de mão cheia. de vestidos de noiva à blusas e ajustes ela tinha um olhar muito bonito para as criações. quando abri os livros que ela deixou em minhas mãos fiquei mega feliz. isso porque as roupas tem um estilo que refletiu a década de 60 ou 70, algo assim. coisa bonita de ver. cor, corte, molde. tudo. fiz questão de trazer uns detalhes pra cá.





o intuito do livro é ser prático e mostrar, por meio de gráficos e escritos, como podemos cortar peças e costurá-las. bem, como eu ainda não costuro, algumas linguagens são bem difíceis, mas fiquei motivada demais e inspirada a ilustrar peças com o estilo trazido pela obra. a quem interessar a busca o título original se chama "encyclopedia & dressmaking" que chegou ao Brasil por volta de 1970 como "curso prático de corte e costura" e publicado pela editora Verbo em São Paulo. 







vejo vocês em breve.

12 comentários

  1. Gente, que relíquia maravilhosa!!
    Deve ser muito gostoso de folhear e explorar mesmo... fiquei super curiosa com essa parte das fibras naturais, e que desenhos lindos!
    E chiquérrimos os livros, hein? Atualmente o custo de produção / venda de livros com fotos e desenhos assim já é altíssimo, imagino antes...
    Adorei o post e as fotos!
    Beijos
    A Menina da Janela

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. maravilhosos mesmo! esqueci de mostrar, mas ainda veio com uma espécie de "marcador" de tecidos suuuper vintage de madeira <3 depois vou mostrar mais dessa riqueza por aqui :) obrigada, Laurinha!

      Excluir
  2. Lary, esse livro reflete todo o chame de uma época. que coisa mais linda!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. sim sim sim! uma graça, Li. por vezes abro e fico sonhando com os looks, hahaha. já conversei com mainha pra tentarmos reproduzir algo. :D

      Excluir
  3. que coisa mais linda! adoraria poder folhear um livro assim. minha mãe é modelista e cresci vendo ela modelar e costurar peças. aprendi a fazer desenhos de moda com ela, criando peças e etc. pouco tempo atrás desenhei como queria o modelo do meu vestido de formatura e ela o montou. amei o post <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. mentira! que coisa linda :o mais uma coisa em comum entre nós, Ka. imagino como esse sentimento deve ser pra você.. principalmente relembrar coisas lindas que a costura representa do lado daí. fico feliz que os registros/escritos tenham te abraçado. <3

      Excluir
  4. É uma encadernação tão bonita, com detalhes agradáveis e cores que acalmam. Alguns objetos de outras épocas tem esse poder de nos oferecer essa experiência devir, eu-tempo, eu-família, eu-imanência. Deveríamos observar a delicadeza das coisas com mais frequência.

    OBS: Seria tão maravilhoso aprender a costurar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. isso das cores foi algo que também me abraçou, Jeff <3 de fato, observar (mais) alguns detalhes da nossa existência é algo para ser feito com mais frequência. renova e ilumina cada passo que damos.

      Excluir
  5. Que liiindo, eu amo a moda dos anos 60... me lembra minha avó... eu amo ver as fotos antigas dela, era tão elegante :) achei lindo o livro e a recordação Lary, muito especial. Vamos nos apegando aos pequenos detalhes bonitos da vida para seguir né? ♥
    Beijos, Flora.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. detalhes que sempre iluminam, querida Flora <3

      Excluir
  6. Bonjour, miss Lary. Ça va?

    Eu amei seu post! Que artigo lindo, deu-me saudades de uma época em que, infelizmente, não vivi. Conheci seu blog por meio do blog da Lizandra e já deixo aqui meu "seguir", pois ele é simplesmente mágico.

    Beijos açucarados e au revoir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. bonjour, Bru! ça va? je vais bien.
      fico bem demais por saber que minha criação te abraçou de alguma maneira. eu amei todos esses livros <3 e ah, obrigada pelo carinho. viu? volte sempre aqui. à bientôt!

      Excluir

poético diário . Design by Berenica Designs.